Conselho de Segurança
Pública de Itaúna
&
Associação de Segurança
Pública de Itaúna

CONSEPI

É um inovador ambiente de exercício da cidadania, em que os moradores residentes no espaço por ele abrangido, inteiram-se do trabalho da Polícia Militar e dos órgãos de Defesa Social

Promover a Satisfação do Cidadão

ASPI

Viabilizar soluções para o desenvolvimento sustentável das ações de Defesa social e Segurança Pública, por meio da participação e contribuição comunitária.

Segurança Pública se faz com pessoas que conseguem aliar boas ideias, planejamento e ação. Faça sua contribuição.

0
Desde
0 +
Projetos
0 +
Doações
0 +
Voluntários

A Construção de um trânsito não-violento | Semana Nacional de Trânsito 2020

Acontece todos anos de 18 a 25 de setembro

01.

Pedestre deve ser sempre respeitado. Lembre-se: você também é pedestre.

02.

Bicicleta também é veículo, portanto deve respeitar a sinalização de transito. Motorista, mantenha uma distância segura de 1,5m ao ultrapassar ciclista.

03.

Respeite os limites de velocidade. Reduza a velocidade em frente as escolas ou lugares de grande concentração de pedestres.

04.

Motociclista use sempre os equipamentos de proteção: capacete, luvas, botas e jaqueta.

Notícia

Convite: Educação Financeira, Segurança e Prevenção

Apresentação será feita por Cláudio Gonçalves Soares,Gerente Administrativo – Financeiro do CDE Itaúnae Dr. Leonardo Pio, Delegado de Polícia Civil de Itaúna 06/101/2021 (quarta-feira)às 7h30Auditório do Edifício CDE ItaúnaRua Capitão Vicente, 129 – Centro – Itaúna

Independência do Brasil

A independência do Brasil aconteceu em 1822, tendo como grande marco o grito da independência que foi realizado por Pedro de Alcântara (D. Pedro I durante o Primeiro Reinado), às margens do Rio Ipiranga, no dia 7 de setembro de 1822. Com a independência do Brasil declarada, o país transformou-se em uma monarquia com a coroação de D. Pedro I....

‘Filhas de Minas’: Operação é realizada no Centro-Oeste MG em comemoração aos 40 anos da inclusão da mulher na PM

Divinópolis, Nova Serrana, Bom Despacho, Oliveira e Pará de Minas são algumas das cidades que fazem parte da ação de repressão da violência deflagrada nesta quarta-feira (1º). A Operação “Filhas de Minas” da Polícia Militar (PM) foi lançada nesta quarta-feira (1º) em todos os municípios do Estado em comemoração aos 40 anos da inclusão da mulher na polícia. Uma solenidade...

Parceira

A Associação de Segurança Pública de Itaúna, entidade civil, sem fins lucrativos, tem sede e foro em Itaúna, Estado de Minas Gerais, e adota como finalidade atuar em ações ou projetos de segurança pública, bem como dar suporte ao CONSEPI - Conselho de Segurança Pública de Itaúna, especialmente na arrecadação e aplicação de recursos financeiros.
UM COMPROMISSO COM A SOCIEDADE

Por que você deve nos apoiar

Incentivamos e Mobilizamos

A comunidade em torno da questão de Segurança Pública

Promovemos

A ação conjunta COMUNIDADE / Polícias e demais órgãos de segurança

Planejamos e Sugerimos

Ações integradas de Segurança Pública.

Assessoramos

Na definição das prioridades de Segurança Pública.

Propomos

Adoção de medidas que visem melhora da Segurança Pública.

Nos somos

Canal de comunicação com as Polícias e demais órgãos públicos para a solução dos problemas de segurança na área onde atua.

AJUDE-NOS

Seja um de nossos doadores

TODOS CONTRA

A PEDOFILIA

PROJETOS

Filantropia da Paróquia de Sant’Ana

Projeto Aquarela

“O programa atende especialmente crianças e adolescentes de 05 a 16 anos da Comunidade do Rosário, que comparecem para as atividades e disponibiliza serviços complementares na atuação da família, escola, não existindo contraprestação, atendendo 35 entre crianças e adolescentes frequentes.”

Projeto Farmácia Filantrópica

“Distribuição gratuita de medicamento à comunidade, recebidos de doações de laboratórios, consultórios médicos e pessoas caridosas. Para a retirada dos medicamentos faz-se necessária a apresentação da receita médica.”

Projeto CAIS

“O CAIS, é uma entidade sem fins lucrativos, mantida pelas Obras Sociais da Paróquia Sant’Ana e destina-se ao acolhimento de pessoas em situação de rua, que não tem, no momento, um lugar digno onde possam higienizarem-se, alimentarem-se e receberem um acolhimento humano e afetivo.”

Contato
CONSEPI

Contato ASPI