Notícias
5 tipos de abusadores financeiros que podem estar atrapalhando sua vida e sua carreira

5 tipos de abusadores financeiros que podem estar atrapalhando sua vida e sua carreira

Veja os principais perfis de abusadores que podem estar te levando a viver um relacionamento tóxico financeiramente e te impedindo de crescer.

Um dos tipos mais cruéis de abuso é o relacionamento financeiramente tóxico. Tipicamente, as vítimas de parceiros financeiramente abusivos são mulheres (embora nem sempre o abusador seja um homem). 

Por isso, listamos para você cinco principais tipos de abusadores financeiros para que possa identificar se está vivendo nessa situação ou se conhece alguém vivendo um relacionamento assim. Neste caso, compartilhe o post.

1 – Você não precisa de dinheiro 

O caso mais clássico é o do abusador que diz que a parceira não precisa de dinheiro. 

Muitas vezes, a vítima deixa de trabalhar e de ter renda própria e perde autonomia, passando a viver em função do parceiro.

2 – Sabotador

O parceiro financeiramente tóxico demanda tanta atenção que a outra pessoa mal consegue se dedicar às demais coisas da vida, que acabam ficando em segundo plano.

Como o trabalho é uma delas, o desempenho profissional da vítima pode cair bastante. Nessa hora, na melhor das hipóteses, a pessoa deixa de progredir na carreira, pode ser demitida ou ainda há casos em que pede demissão para viver em função do parceiro. Infelizmente, essa prática é muito comum! 

3 – Estelionatário

O perfil estelionatário se vale de muita chantagem emocional para usar dinheiro da vítima e sugar o parceiro (a) financeiramente.

Em casos mais drásticos há tanta tortura psicológica que a outra pessoa dá o dinheiro, transfere bens e outras coisas para o abusador sem que sequer ele peça. 

4 – Parasita 

O abusador parasita gradualmente deixa de trabalhar e vive às custas da outra pessoa. 

Embora possa parecer menos comum, costuma envolver algumas das violências psicológicas mais severas, chegando a casos de agressão física.

5 – Especialista em finanças 

Neste caso, o abusador diz que entende tudo sobre dinheiro e passa a gerir todas as finanças do casal. Planta desconfiança entre familiares e, quando menos se espera, já domina o parceiro (a) por completo, que não tem mais autonomia sobre seu patrimônio e salário. 

Em alguns casos, todo o salário é transferido sistematicamente para o abusador. Vale destacar uma informação importante: um abusador financeiro pode misturar alguns desses perfis para sufocar a vítima.

Fonte: Econoweek – Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *